Esse espaço é destinado aos informantes do IBGE, para tirar dúvidas, verificar a identidade do entrevistador e conhecer mais sobre nossas pesquisas.

A Pesquisa Mensal de Serviços – PMS produz indicadores para o acompanhamento da evolução conjuntural do setor dos serviços empresariais não-financeiros e de seus principais segmentos, que são os seguintes:

  • Serviços prestados às famílias
  • Serviços de informação e comunicação
  • Serviços profissionais, administrativos e complementares
  • Transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio
  • Outros serviços

A PMS investiga as empresas de serviços que possuam 20 ou mais Pessoas Ocupadas, cuja receita provenha, predominantemente da atividade de prestação de serviços e esteja sediada no território nacional. Para as Unidades da Federação da Região Norte (Rondônia, Acre, Amazonas, Roraima, Pará, Amapá e Tocantins) são consideradas apenas as que estão sediadas nos municípios das capitais, com exceção do Pará, onde são consideradas aquelas que estão sediadas nos municípios da Região Metropolitana de Belém.

Seus resultados são essenciais para o acompanhamento das atividades econômicas. Servem como subsídios para a tomada de decisão no setor privado e no setor governamental. Os indicadores permitem quantificar as mudanças ocorridas no curto prazo, em nível nacional e/ou estadual. Possibilitam assim avaliações do desempenho setorial das tendências das atividades no médio e longo prazo.

Nas empresas de grande porte, a prestação das informações é feita por funcionários, normalmente, do Depto de Contabilidade ou Controladoria. No caso das empresas de pequeno porte, a contabilidade, normalmente, é terceirizada e, neste caso, a prestação da informação é feita pelo contador.

O sigilo das informações fornecidas é garantido por lei e faz parte dos princípios internacionais das estatísticas oficiais que norteiam todo o trabalho realizado pelo IBGE.


© 2018 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística